Archive for Dezembro, 2009

Votos para 2010

Dezembro 31, 2009

Depende de nós que o novo ano traga mudanças positivas para a situação global dos animais abandonados em Portugal. Os esforços individuais são muito meritórios e resolvem casos pontuais de animais caidos em desgraça, mas são insuficientes para resolver o problema dos milhares de animais que todos os anos são mortos nos canis municipais. Precisamos de implicar o poder local no controlo da sobrepopulação de cães e gatos, sozinhos nunca conseguiremos acabar com o abandono a que os animais de companhia estão sujeitos.

Esta Campanha assenta em 3 pilares:
1.Os canis municipais devem esterilizar obrigatoriamente todos os animais que dão em adopção .
2. As Câmaras devem celebrar protocolos com as associações de protecção animal que actuam nos concelhos com vista à esterilização dos animais abandonados que estas recolhem.
3. As Câmaras devem proporcionar aos munícipes com recursos limitados a esterilização gratuita dos seus animais. 

Que todos os que aderiram a esta Campanha  passem à acção e 2010 pode ser um ano de mudança!

Seja porta voz de quem não tem voz!

LISBOA – Orçamento Participativo da CML – Nova votação no projecto de obras no Canil /Gatil Municipal

Dezembro 30, 2009

Como é do conhecimento público, a CML anulou a 1ª votação, que estava a decorrer entre 14 e 20 de Dezembro,  dos projectos resultantes das propostas de munícipes, entre os quais se incluia o das obras no Canil/gatil Municipal.
Não sabemos o número de votos que este projecto chegou a obter mas pelas visitas ao site da Campanha de Esterilização de Animais Abandonados  que atingiram entre 14 e 17 de Dezembro um milhar, podemos prever que fossem largas centenas.
Os projectos foram agora novamente postos à votação até dia 15 de Janeiro e a votação no projecto de obras no Canil/gatil não pode ser inferior à que já tinha registado anteriormente!
O procedimento para a votação é o mesmo, ou seja:
1º – entrar em http://www.cm-lisboa.pt/index.php?idc=525
2º – seleccionar o projecto das obras no Canil/ gatil, inserindo em “palavra-chave”  Canil/gatil e clicar em “pesquizar”
3º – uma vez no projecto clicar em votar. Se já estiver inscrito basta inserir o e-mail e a password anterior para votar. Se não estiver inscrito  terá de o fazer e receberá uma resposta imediata no seu e-mail a dizer-lhe como proceder. Depois de ter votado recebe um email a confirmar o voto no projecto das obras no Canil/gatil.
 
Divulgue esta nova votação às suas mailings e aos seus amigos, ponha a informação nos sites que visita , faça, pelo menos, a mesma divulgação que fez para a 1ª votação.
Os nossos votos têm de ser mais numerosos do que da primeira vez, para que a CML saiba que os animais abandonados da cidade de Lisboa não estão sozinhos !

Campanha de Esterilização : números em 21 de Dezembro de 2009

Dezembro 21, 2009

Somos, neste momento,  506 pessoas presentes em 101 dos 308 concelhos do país ( ver lista aqui ).

Participe também ! Envie um e-mail para  campanha.esterilizacao@gmail.com  indicando no assunto, concelho em que vive, nome e e-mail.

Não escreva texto para facilitar o tratamento da informação.

Lisboa- Câmara Municipal – Anulação da votação do Orçamento Participativo

Dezembro 18, 2009

Algumas pessoas que votaram entre o dia 14/12 e o dia 18/12 (data em que a CML anulou a votação) receberam a mensagem que se reproduz abaixo.

Por precaução, todos os votantes devem guardar o comprovativo da votação no projecto das Obras do Canil/gatil que receberam da CML logo a seguir a terem votado.

Exemplo de comprovativo:

———- Forwarded message ———-
From:  <op@cm-lisboa.pt>
Date: 2009/12/14
Subject: Orçamento Participativo (CML)- Votação

Caro (a) …

Este é o projecto que escolheu:

Titulo: 3ª Fase da Construção do Canil/Gatil Municipal em Monsanto

Área: Outras

Câmara Municipal de Lisboa (2009-12-14)

 ——— Forwarded message ———-
From: Orçamento Participativo – <noreply@cm-lisboa.pt>
Date: 2009/12/20
Subject: Orçamento Participativo 2010 – Esclarecimentos

Caro(a) cidadã(o)

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) foi alertada por cidadãos participantes na 1ª fase do Orçamento Participativo (OP) para a existência de propostas apresentadas nesta fase que não surgiram na lista de projectos colocados à votação.
Analisadas as situações identificadas, foi detectada uma avaliação inadequada por parte dos serviços da CML relativamente a algumas propostas apresentadas, que teriam condições para virem a ser transformadas em projectos e colocadas à votação.
Face a esta situação e porque entende que o orçamento participativo é um processo emblemático de participação dos cidadãos na vida da cidade que deve ser credível e transparente, a CML decidiu, no dia 18 de Dezembro, anular a 2ª fase do OP.
O objectivo é colocar novamente à votação dos cidadãos de Lisboa a lista de todas as propostas apresentadas que cumpram os critérios previamente definidos.
Apresentamos as nossas desculpas pelo sucedido e convidamo-los, desde já, a participar na votação de projectos que decorrerá no período entre 30/12/2009 a 15/01/2010.

Com os melhores cumprimentos,
A Equipa do Orçamento Participativo

——————————————-

Foi posto no site da CML (http://www.cm-lisboa.pt/?idc=41&idi=46678) em 28/12, o seguinte aviso:

 “A Câmara Municipal de Lisboa foi alertada por cidadãos participantes na 1ª fase do Orçamento Participativo (OP) para a existência de propostas apresentadas nesta fase que não surgiram na lista de projectos colocados à votação.

Analisadas as situações identificadas, foi detectada uma avaliação inadequada por parte dos serviços da CML relativamente a algumas propostas apresentadas, que teriam condições para virem a ser transformadas em projectos e colocadas à votação.

Face a esta situação a CML decidiu anular, hoje, dia 18 de Dezembro, a 2ª fase do OP. O objectivo é colocar novamente à votação dos cidadãos de Lisboa a lista de todas as propostas apresentadas que cumpram os critérios previamente definidos.Assim, a 2ª Fase do OP (votação de projectos) voltará a estar operacional no período entre 30/12/2009 a 15/01/2010.”

CÁ ESTAREMOS !! Entretanto, as pessoas que votaram devem guardar o comprovativo da votação no projecto das obras no Canil/Gatil.
 
 
 

 

VOTAÇÃO ATÉ DIA 20 – LISBOA – Orçamento participativo – Obras Canil/Gatil

Dezembro 15, 2009

O projecto das obras do Canil/Gatil Municipal está aberto à votação, no site da Câmara Municipal de Lisboa, até dia  20 de Dezembro ( próximo domingo) em http://www.cm-lisboa.pt/?idc=525  

São  mais de 100  projectos e os mais votados serão incluidos no Orçamento de 2010. Para ter acesso directo ao projecto das obras do Canil/Gatil, que é um dos últimos,  inscreva na Palavra Chave “ Canil/gatil “ e clique em Procurar.

Uma vez no projecto clique em votar. Se não estiver já inscrito ( por exemplo, se participou na fase das propostas já teve de se inscrever) terá de o fazer e receberá uma confirmação imediata no seu e-mail a dizer que está inscrito. Depois, pode então votar. Logo após  ter votado recebe um e-mail de confirmação. Todo o processo não demora mais do que alguns minutos.

As condições em que a maioria dos animais está detida no canil de Lisboa são vergonhosas ( ler aqui ao lado no Distrito de Lisboa )

Fruto dessas condições, grassam as doenças que vitimam, por exemplo, 40% dos gatos que lá dão entrada.

O nosso objectivo é acabarmos com a sobrepopulação de animais e com o abandono que daí deriva e, por conseguinte, com os próprios canis, mas enquanto não o conseguimos é imperioso que os canis garantam aos pobres animais que lá entram o mínimo de bem estar e de salubridade.

VOTE !

Divulgue às suas mailings, ponha nos sites que costuma consultar, os animais abandonados de Lisboa precisam do seu apoio !

Campanha Nacional de Esterilização de Cães e Gatos Abandonados

Dezembro 10, 2009

 Se quiser participar envie um e-mail para

campanha.esterilizacao@gmail.com

 

indicando no assunto, Concelho onde vive, nome , e-mail. Não escreva texto no e-mail para facilitar o tratamento da informação.

A nossa prenda de Natal para os animais abandonados

Dezembro 7, 2009

Quem se inscreveu na Campanha de Esterilização de Animais Abandonados respondeu ao apelo lançado aos subscritores da petição ” Por uma campanha nacional urgente de esterilização de cães e gatos” para que levassem de viva voz às assembleias municipais e reuniões dos executivos camarários  as 3 reivindicações centrais desta campanha. Estamos perto de atingir as 450 pessoas inscritas, representando 96 concelhos do país, mas a Campanha, como podem ver pelas informações constantes das “Páginas” por distrito aqui ao lado, só arrancou verdadeiramente em meia dúzia de concelhos. 

Estamos quase no fim do ano e, em muitas autarquias, vão ainda realizar-se importantes reuniões, até final de Dezembro, para discussão do orçamento e do plano de actividades para 2010.

Existem em todas as autarquias reuniões, tanto dos executivos (composto por presidente e vereadores) como das assembleias municipais (composta pelos deputados municipais eleitos directamente e pelos presidentes das juntas de freguesia da câmara em questão; o leque partidário é geralmente mais alargado do que nas vereações) abertas à participação do público. As linhas de apoio ao munícipe, que praticamente já existem em todas as Câmaras, têm a obrigação de informar sobre datas e formas de participação ( inscrições prévias, tempo máximo de intervenção…).

Estas reuniões públicas são as formas mais eficazes para os cidadãos se fazerem ouvir. O que é dito é público, fica em acta , obriga quem o diz, pode ser publicado na imprensa, divulgado na net…As reuniões informais com vereadores não substituem esta acção, e a experiência tem revelado que o que é  prometido nos gabinetes não passa, a maioria das vezes, disso mesmo: promessas que nunca são cumpridas.

A forma de intervenção dos Grupos pode constar da leitura de um texto em nome do grupo pelo que o mesmo deve ser posto à consideração de todos os seus membros. Em baixo encontra-se a sugestão de uma minuta que deverá ser completada com a informação relativa a cada concelho. Teoricamente basta uma pessoa para representar o grupo mas é evidente que as presenças físicas também têm impacto.

A maioria das pessoas inscritas na Campanha de Esterilização não são activistas da causa animal mas apoiam fortemente a defesa dos direitos dos animais. Aliás, todas as pessoas da Campanha figuram a titulo individual, mesmo as que pertencem a associações. Estão na Campanha enquanto  cidadãos votantes, para exigir aos Partidos que elegeram que parem com a mortandade nos canis e que adoptem a esterilização como forma de luta contra a sobrepopulação de cães e gatos.

Aceite este principio pelas autarquias caberá, depois, às Associações com acção nos vários concelhos, celebrar protocolos para a implementação das esterilizações.

O nosso presente de Natal para os animais abandonados é fazermos a nossa parte do trabalho.

Deixamos aqui esse desafio!

Minuta de texto

 Exmo. Sr. Presidente e Exmos. Srs. Vereadores,

 Estou aqui em representação de um grupo de cidadãos do concelho de X preocupado com a situação actual dos animais abandonados no nosso concelho, e que se disponibiliza desde já para colaborar com a autarquia na resolução deste problema.

 Como sabem V. Exª a politica que tem sido seguida no nosso país para erradicar os animais abandonados assenta no abate que vitima dezenas de milhares de cães e gatos anualmente .

 No Canil de X são abatidos cerca de  Y animais ( se não tiverem dados não ponham esta frase) .Para além de se tratar de uma prática desumana e eticamente condenável, não resolve o problema uma vez que em cada dia que passa cresce o número de animais abandonados. As próprias campanhas de adopção, sempre desejáveis, não podem, só por si, resolver o problema porque não existem donos responsáveis para tal quantidade de animais.

 Por esta razão, os cidadãos que represento aqui estão envolvidos numa Campanha Nacional de esterilização de animais abandonados e negligenciados, com vista à redução do seu número, que pressupõe, para ser eficaz, uma estreita colaboração entre as Associações de Animais e Grupos de Amigos de Animais, Câmaras Municipais e Canis oficiais e que mobiliza perto de 450 munícipes de 96 concelhos.

 Esta Campanha assenta em 3 pilares:

Os canis devem esterilizar obrigatoriamente todos os animais que dão em adopção . De facto, que sentido faz que alguém vá buscar ao canil um animal que vai dar origem a mais uns tantos que passados meses voltam ao canil para serem abatidos? Caso a Câmara considere não ter recursos humanos para esse acto médico, poderá propor às escolas de Medicina Veterinária das proximidades protocolos de colaboração assim como a clínicas veterinárias.

A par disto, cremos na importância de parcerias entre a Câmara e as associações de defesa animal que actuam no concelho para a esterilização dos animais abandonados que estas recolhem, uma vez que as mesmas não recebem qualquer apoio estatal.

 Defendemos ainda que a Câmara Municipal proporcione aos munícipes com recursos comprovadamente limitados a esterilização gratuita dos animais que possuem.

Sabemos que estamos em crise. Justamente essa crise está a afectar dolorosamente os animais de companhia que precisam, também, da  solidariedade humana.

Sabem os Senhores vereadores e o Senhor Presidente qual é o custo do material e dos produtos necessários para a esterilização de uma gata? 10 euros unicamente.

Implementar uma politica activa de esterilização reduzirá substancialmente o número de animais que  dão entrada no canil de X e por conseguinte trará, a breve e médio prazo, redução de custos para a autarquia

A Associação Animais de Rua aderiu à Campanha Nacional de Esterilização e assume-se como sua parceira!

Dezembro 5, 2009

Uma vez que a Campanha Nacional de Esterilização e a Animais de Rua, a única Associação a nível nacional que se dedica exclusivamente à esterilização de animais carenciados, se batem pela mesma causa, através das mesmas medidas, e ambas concordam na necessidade e na utilidade da união das forças, era premente e urgente que as mesmas passassem a trabalhar intimamente em conjunto e perante as autoridades competentes, nesta campanha de esterilização que se pretende a nível nacional.

 A Animais de Rua aderiu de imediato à Campanha, transmitindo toda a sua concordância e o seu apoio incondicional a esta iniciativa, justificada pelo know-how que tem vindo a adquirir e os resultados comprovados que tem vindo a obter com o programa CED, para que seja possível demonstrar às entidades competentes a exequibilidade deste modelo e as vantagens adquiridas, sem pôr em risco a vida dos animais desprotegidos.

Associação Animais de Rua

Falta de divulgação da actividade dos Centros de Recolha Oficiais(Canis/Gatis): BE dirige pergunta ao Ministério da Agricultura

Dezembro 3, 2009

Acabamos de receber do BE um email do seguinte teor :

“Boa tarde.

Vimos por este meio informar que o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda entregou hoje uma Pergunta ao Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território da Agricultura , do Desenvolvimento Rural e das Pescas, sobre a falta de divulgação da actividade dos Centros de Recolha Oficiais, que segue em anexo.

Os nossos melhores cumprimentos,

Hugo Evangelista

Assessor do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda”

 Ler aqui

A Associação Animais de Rua comemora 3 000 esterilizações!

Dezembro 3, 2009

A Associação Animais de Rua nasceu para ajudar a resolver um problema de raiz: a superpopulação de animais errantes, abandonados e ainda animais de companhia pertencentes a famílias carenciadas. Evitar o nascimento descontrolado destes animais, através da sua esterilização, é a única solução ética e internacionalmente reconhecida para reduzir o número de animais em risco, por maus-tratos, e em sofrimento por falta de alimentação, abrigo e cuidados de saúde básicos, já que o número de animais abandonados é infinitamente superior ao número de adoptantes disponíveis e responsáveis. 

 O trabalho desta Associação consiste na protecção e no apoio à captura e esterilização de animais de rua, através do programa CED (Capturar, Esterilizar, Devolver). Graças ao grande apoio das pessoas que acreditam neste projecto, a Animais de Rua está a comemorar 3000 esterilizações que, além da grande melhoria da qualidade de vida destes animais, foi possível evitar o nascimento de mais 98.000 animais nas ruas do nosso país!!!

 Veja aqui o Mapa de Reprodução de Gatos no espaço de 10 anos: http://www.animaisderua.org/somos

Número Solidário Animais de Rua : ligue 760 300 161 (0,60€ + IVA)