A nossa prenda de Natal para os animais abandonados

Quem se inscreveu na Campanha de Esterilização de Animais Abandonados respondeu ao apelo lançado aos subscritores da petição ” Por uma campanha nacional urgente de esterilização de cães e gatos” para que levassem de viva voz às assembleias municipais e reuniões dos executivos camarários  as 3 reivindicações centrais desta campanha. Estamos perto de atingir as 450 pessoas inscritas, representando 96 concelhos do país, mas a Campanha, como podem ver pelas informações constantes das “Páginas” por distrito aqui ao lado, só arrancou verdadeiramente em meia dúzia de concelhos. 

Estamos quase no fim do ano e, em muitas autarquias, vão ainda realizar-se importantes reuniões, até final de Dezembro, para discussão do orçamento e do plano de actividades para 2010.

Existem em todas as autarquias reuniões, tanto dos executivos (composto por presidente e vereadores) como das assembleias municipais (composta pelos deputados municipais eleitos directamente e pelos presidentes das juntas de freguesia da câmara em questão; o leque partidário é geralmente mais alargado do que nas vereações) abertas à participação do público. As linhas de apoio ao munícipe, que praticamente já existem em todas as Câmaras, têm a obrigação de informar sobre datas e formas de participação ( inscrições prévias, tempo máximo de intervenção…).

Estas reuniões públicas são as formas mais eficazes para os cidadãos se fazerem ouvir. O que é dito é público, fica em acta , obriga quem o diz, pode ser publicado na imprensa, divulgado na net…As reuniões informais com vereadores não substituem esta acção, e a experiência tem revelado que o que é  prometido nos gabinetes não passa, a maioria das vezes, disso mesmo: promessas que nunca são cumpridas.

A forma de intervenção dos Grupos pode constar da leitura de um texto em nome do grupo pelo que o mesmo deve ser posto à consideração de todos os seus membros. Em baixo encontra-se a sugestão de uma minuta que deverá ser completada com a informação relativa a cada concelho. Teoricamente basta uma pessoa para representar o grupo mas é evidente que as presenças físicas também têm impacto.

A maioria das pessoas inscritas na Campanha de Esterilização não são activistas da causa animal mas apoiam fortemente a defesa dos direitos dos animais. Aliás, todas as pessoas da Campanha figuram a titulo individual, mesmo as que pertencem a associações. Estão na Campanha enquanto  cidadãos votantes, para exigir aos Partidos que elegeram que parem com a mortandade nos canis e que adoptem a esterilização como forma de luta contra a sobrepopulação de cães e gatos.

Aceite este principio pelas autarquias caberá, depois, às Associações com acção nos vários concelhos, celebrar protocolos para a implementação das esterilizações.

O nosso presente de Natal para os animais abandonados é fazermos a nossa parte do trabalho.

Deixamos aqui esse desafio!

Minuta de texto

 Exmo. Sr. Presidente e Exmos. Srs. Vereadores,

 Estou aqui em representação de um grupo de cidadãos do concelho de X preocupado com a situação actual dos animais abandonados no nosso concelho, e que se disponibiliza desde já para colaborar com a autarquia na resolução deste problema.

 Como sabem V. Exª a politica que tem sido seguida no nosso país para erradicar os animais abandonados assenta no abate que vitima dezenas de milhares de cães e gatos anualmente .

 No Canil de X são abatidos cerca de  Y animais ( se não tiverem dados não ponham esta frase) .Para além de se tratar de uma prática desumana e eticamente condenável, não resolve o problema uma vez que em cada dia que passa cresce o número de animais abandonados. As próprias campanhas de adopção, sempre desejáveis, não podem, só por si, resolver o problema porque não existem donos responsáveis para tal quantidade de animais.

 Por esta razão, os cidadãos que represento aqui estão envolvidos numa Campanha Nacional de esterilização de animais abandonados e negligenciados, com vista à redução do seu número, que pressupõe, para ser eficaz, uma estreita colaboração entre as Associações de Animais e Grupos de Amigos de Animais, Câmaras Municipais e Canis oficiais e que mobiliza perto de 450 munícipes de 96 concelhos.

 Esta Campanha assenta em 3 pilares:

Os canis devem esterilizar obrigatoriamente todos os animais que dão em adopção . De facto, que sentido faz que alguém vá buscar ao canil um animal que vai dar origem a mais uns tantos que passados meses voltam ao canil para serem abatidos? Caso a Câmara considere não ter recursos humanos para esse acto médico, poderá propor às escolas de Medicina Veterinária das proximidades protocolos de colaboração assim como a clínicas veterinárias.

A par disto, cremos na importância de parcerias entre a Câmara e as associações de defesa animal que actuam no concelho para a esterilização dos animais abandonados que estas recolhem, uma vez que as mesmas não recebem qualquer apoio estatal.

 Defendemos ainda que a Câmara Municipal proporcione aos munícipes com recursos comprovadamente limitados a esterilização gratuita dos animais que possuem.

Sabemos que estamos em crise. Justamente essa crise está a afectar dolorosamente os animais de companhia que precisam, também, da  solidariedade humana.

Sabem os Senhores vereadores e o Senhor Presidente qual é o custo do material e dos produtos necessários para a esterilização de uma gata? 10 euros unicamente.

Implementar uma politica activa de esterilização reduzirá substancialmente o número de animais que  dão entrada no canil de X e por conseguinte trará, a breve e médio prazo, redução de custos para a autarquia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: