Archive for Junho, 2010

Assembleia Municipal do Porto aprova esterilização de animais abandonados!

Junho 30, 2010

As Assembleias Municipais das duas principais cidades do país já aprovaram Recomendações aos respectivos executivos visando a esterilização dos animais abandonados destas cidades. Primeiro Lisboa e agora o Porto.

A Recomendação aprovada pela Assembleia Municipal do Porto foi proposta pelo BE e aprovada com os votos a favor do BE, CDU e PS e as abstenções do PSD e CDS e pode ser lida neste link

http://porto.bloco.org/index.php?option=com_content&task=view&id=944&Itemid=1

Entre a aprovação de uma Recomendação pela AM e a sua concretização pelo executivo  vai uma grande distância como, infelizmente, tem constatado o Grupo de Lisboa.   

Mas é um primeiro passo de grande importância. E como diz o povo, “água mole em pedra dura tanto dá até que fura”.

Aliás, tudo se encaminha para que esta politica dos abates esteja condenada a breve prazo: razões éticas primeiro, mas também razões económicas.

Os animais de companhia só precisam de um maior empenhamento dos Grupos Concelhios para que seja virada esta triste página da sua história.

Anúncios

Direcção Geral de Veterinária – folheto sobre Esterilização

Junho 29, 2010

Na página da Divisão de Bem Estar Animal da Direcção Geral de Veterinária está o folheto que pode ler aqui.

Na resposta a “Esterilizar não é caro?” pode ler-se que “em alguns casos pode haver apoio das câmaras municipais” e aconselha-se as pessoas a informarem-se junto dos médios veterinários assistentes e dos médicos veterinários municipais.

De um lado, a DGV, entidade que é a responsável máxima pelo bem estar animal, nomeadamente dos animais de companhia que, ficamos a saber por este folheto,  apoia a esterilização invocando todos os argumentos que também nós defendemos. Do outro, as câmaras e os veterinários municipais de quem depende que se passe à prática e que haja  esterilização nos canis…

Falta articular estes dois poderes e teremos um começo de solução para pôr fim ao abate anual de mais de 100 000 animais.

Entretanto, este folheto pode ser muito útil aos Grupos Concelhios nos seus contactos com as  autarquias.

Secretaria de Estado das Florestas: reunião adiada de fins de Junho para fins de Agosto

Junho 25, 2010

A reunião com o Sr. Secretario de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, que tutela a DGV, foi agora marcada para 31 de Agosto.

Mais um compasso de espera, neste caminho pleno de obstáculos e de dificuldades que é o da luta pelos direitos dos animais abandonados.

Mais de 100 000 são mortos anualmente nos canis portugueses.

O cão das lágrimas

Junho 18, 2010

“… A mulher do médico vai lendo os letreiros das ruas, lembra-se de uns, de outros não, e chega um momento em que compreende que se desorientou e perdeu. Não há dúvida, está perdida. Deu uma volta, deu outra, já não reconhece nem a ruas nem os nomes delas, então, desesperada, deixou-se cair no chão sujíssimo, empapado de lama negra, e, vazia de forças, de todas as forças, desatou a chorar. Os cães rodearam-na, farejam os sacos, mas sem convicção, como se já lhes tivesse passado a hora de comer, um deles lambe-lhe a cara , talvez desde pequeno tenha sido habituado a enxugar pratos. A mulher toca-lhe na cabeça , passa-lhe a mão pelo lombo encharcado , e o resto das lágrimas chora-as abraçada a ele.”

José Saramago ( 1922-2010 ), in “Ensaio sobre a Cegueira” , pág. 266

“Gostaria de ser recordado como o escritor que criou a personagem do cão das lágrimas, no “Ensaio sobre a cegueira”. É um dos momentos mais belos que fiz até hoje como escritor. Se no futuro puder ser recordado como “aquele tipo que fez aquela coisa do cão que bebeu as lágrimas da mulher” ficarei contente” .

José Saramago in “Público”, 15-6-2008

Vigília organizada no Facebook – canil de Lisboa próximo fim de semana (19/20 de Junho)

Junho 14, 2010

Mais informação em :

http://www.facebook.com/home.php#!/profile.php?id=100001150012608&v=wall

(página principal)

http://www.facebook.com/home.php#!/group.php?gid=124979680857020&ref=ts

(Grupo da VIGÍLIA Cães e Gatos)

http://www.facebook.com/home.php#!/profile.php?id=100001136306826&ref=ts

Porque é importante e urgente a Campanha de Esterilização de Animais Abandonados

Junho 12, 2010

 Neste endereço http://www.campanha-esterilizacao.com/fotos/imagens_de_caes_abatidos.JPG verá imagens recolhidas num canil português em 2007: uma dezena de cães, acabados de abater, jazem num corredor. Esta é a realidade que queremos mudar. Só com organização e acção pública junto dos Executivos e Assembleias Municipais o conseguiremos.

Dê força à Campanha de Esterilização integrando o Grupo do Concelho em que vive. Para isso basta enviar um e-mail , com a indicação do concelho, para campanha.esterilizacao@gmail.com

Brasil, quem te agarra !!!

Junho 10, 2010

O Brasil tem muitas bolsas de pobreza e certamente os animais que aí vivem sofrerão em consequência. Mas o que é notável é o caminho trilhado pelas autoridades daquele país para reduzirem o número de animais domésticos, privilegiando a esterilização em detrimento do abate.

Já aqui referimos a proposta em análise no Senado Brasileiro ( post de 14 de Maio ), um cartaz contra os “donos vira-latas” da  Perfeitura Municipal de Florianopolis  ( post de   14 de Maio), chega-nos agora um anúncio da castração gratuita de animais ( cada dono podendo castrar até 10 animais) na cidade de São Paulo.

 A enorme diferença entre o comportamento das autoridades brasileiras e portuguesas, é a diferença entre um país que se projecta para o futuro e um país estagnado e que desistiu de melhorar a vida da maioria que aí vive, sejam pessoas ou animais.

Exemplos :

Há dois anos que o Ministério da Justiça “mastiga” a proposta para que os animais deixem de ter estatuto de “coisa” no Código Civil;

Existe um SEPNA que não actua na protecção dos animais , não se percebe porquê;

Só  33%  dos canis/centros de recolha estão conforme à lei 315/2003 ( estamos em 2010…);

Abate-se mais de 100 000 animais por ano nos canis mas as dificuldades com que se debatem os grupos concelhios para que as autarquias implementem planos estratégicos de esterilização são gigantescas…

 “Isto não é um pais é um sitio. E ainda por cima mal frequentado” ( Eça de Queirós).

Torres Vedras – Quando uma Associação faz a diferença

Junho 2, 2010

A APA-TVEDRAS – Associação para a Protecção dos Animais de Torres Vedras  – está a desenvolver, desde Fevereiro de 2009, um formidável trabalho de esterilização de animais abandonados, tendo já esterilizado centenas de animais.

Sem ter clínica própria , a APA-TVEDRAS beneficia do apoio de uma clínica que lhe cede o espaço nos períodos vagos e do trabalho de voluntariado de uma extraordinária veterinária, membro dos seus corpos gerentes, que torna possível toda esta acção.

Limitada pelas condicionantes financeiras relativas a custos dos medicamentos, a APA-TVEDRAS ambiciona, todavia, alargar a sua intervenção a um número cada vez maior de animais.

Os resultados já são visíveis: menos animais abandonados no concelho, um número muito inferior de ninhadas deixadas ao abandono, ou entregues no canil, donde não sai nenhuma cadela sem ser esterilizada pela Associação.

A população reconhece e agradece a acção extremamente positiva da Associação. Também a Câmara está a ver as vantagens, nomeadamente financeiras, de reduzir o abandono através da esterilização.

Neste momento a Associação está a angariar materiais de construção para iniciar as obras no Abrigo.

Para saber mais sobre a Associação ver : http://apa-tvedras.blogspot.com