Orçamento participativo da CML 2009-2010

Com 754 votos, o projecto das obras no canil /gatil municipal foi o mais votado pelos lisboetas, o que não o impede de continuar no papel – este aspecto está focado na noticia do “Jornal de Negócios” de hoje, 4 de Outubro.

Em 3 de Maio o Vereador Sá Fernandes declarou na RTP1, no programa «Portugal em Directo», que as obras no canil/ gatil se iriam iniciar em finais de Setembro/Outubro.

Já na última reunião entre os representantes do grupo de Lisboa e o Vereador, em 1 de Julho, as obras já estavam a ser atiradas para o fim do ano, isto ainda sujeito “ às contingências habituais” (sic).

Entretanto, entra uma média diária de 10 animais por dia no canil, 7 dos quais morrem, 5 abatidos e 2 por doença (ver, neste site, post de 13 de Agosto)

Entre 2002 e 2009 o número de óbitos de animais mais do que duplicou, tendo mesmo quadriplicado para o caso dos gatos. Gatos de munícipes que se perdem e têm a desgraça de ir parar ao gatil saem de lá contagiados pelas doenças mortais que grassam nas instalações.

As capturas de gatos silvestres continuam apesar da recomendação nº 12, aprovada pela AML de 9 de Fevereiro, que preconizava a sua suspensão e a recolocação de todos os gatos  noutras instalações dada a falta de salubridade das actuais.

Recentemente foi dizimada pela CML a colónia de gatos silvestres que existia no Jardim do Campo Grande há décadas, senão séculos, e que ajudou a manter controlados os ratos naquele espaço.

Por isso, é irónico ver a “Campanha Focinhos” com que a CML está a comemorar o Ano Internacional da Biodiversidade e que pode ver em http://lisboaverde.cm-lisboa.pt/index.php?id=7031

Sugerimos à CML que junte esta foto, que dispensa palavras, de um gato, provavelmente também silvestre, ou seja, nascido e a viver nas colónias da cidade, mas que não teve a sorte de ser recolhido pelo Centro de Recuperação de Animais Silvestres do Parque Florestal de Monsanto mas sim capturado pelo Canil/gatil e certamente morto com o dinheiro de todos nós que pagamos o funcionamento daquelas instalações e os vencimentos dos que lá trabalham e dirigem.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: