Grupo de Lisboa vai lançar providência cautelar contra município

O Grupo de Lisboa da Campanha de Esterilização vai lançar uma providência cautelar contra o município por práticas lesivas do bem estar animal no canil/gatil de Lisboa.

Não é admissível que se prolonguem por mais tempo as condições de verdadeira tortura a que está sujeita a maioria dos animais detidos no canil/gatil de Lisboa, que são do conhecimento de todos e que têm merecido os maiores destaque e repúdio neste site (ver, por exemplo, posts de 29 de Outubro e de 13 de Agosto)

Lembramos que está a fazer um ano que a AML aprovou duas recomendações (post de 11 de Fevereiro) que não lograram acolhimento por parte do vereador Sá Fernandes e que em nada contribuíram para melhorar a gestão do canil.

Os resultados das duas reuniões, entretanto realizadas entre o Grupo de Lisboa e o vereador e a Drª Luísa Costa Gomes, responsável pelo canil, resumem-se a zero ( posts de 29 de Abril e de 14 de Julho)

Por conseguinte, o Grupo de Lisboa decidiu, depois de várias reuniões, avançar para a justiça.

Conta-se com o trabalho pro bono do advogado e, nesta fase inicial, é preciso unicamente pagar 306 euros de taxa de justiça, pelo que se abre uma subscrição, com carácter de urgência, para atingir esse valor. Como se espera que os lisboetas (e não só) recebam esta iniciativa com uma forte simpatia, pequenas contribuições individuais, à volta dos 5 euros, serão suficientes (NIB 003507070000358840051, está em nome pessoal). Na coluna da direita do site, irão sendo publicitados os donativos recebidos.  

Mais informações em breve neste site.

Anúncios

3 Respostas to “Grupo de Lisboa vai lançar providência cautelar contra município”

  1. Eduarda Costa Ferraz Says:

    É chegada a hora de mostrar aos detentores do poder que, não estão acima de nada nem de ninguém.
    Os animais para gente básica são “nadas”, mas estamos nós por cá para lhes recordarmos, que todos somos “nadas”, porque não controlamos tudo durante todo o tempo, excepto algum tempo.
    Conforme sentenciam a morte dos indefesos animais, nós vamos sentenciar a morte do poder hediondo que tem as mãos sujas de milhares de animais mortos. Que crime cometeram eles?
    Que crimes cometeram e cometem os senhores? tenham vergonha.

  2. Ana Matrena Says:

    Esta acção não é apenas mais um “bota abaixo”.

    As recomendações da Assembleia Municipal de Lisboa são realistas e têm um fundamente técnico.
    Se continuarem a entrar animais no canil de Lisboa nas actuais condições muitos serão condenados à morte não apenas pelos abates constantes mas também pelas doenças contraídas no espaço.
    Quarentena e espaço alternativo para já!

    A proposta dos voluntários e associações colaborarem em programas massivos de esterilização também é realista e aguarda apenas o acordo e participação do executivo para começar a ser implementada no terreno.
    Os cidadãos reclamam que o seu contributo e os recursos disponíveis sejam utilizados para garantir vidas saudáveis aos animais e não para prosseguir numa política de abate e morte sem fim.

    Ou seja o que se pede ao canil de Lisboa tem contrapartidas e são ética e socialmente as únicas que se podem responsavelmente adoptar.

    Quer-se um canil com melhores condições mas também com muito menos animais.

    Pela positiva!
    Pela redução sustentada e definitiva da sobrepopulação de cães e gatos!

  3. Marta Correia Says:

    Lá está: o Vereador não é do Bloco de Esquerda?
    Não entendam isto como ataque político, gostaria apenas que me esclarecessem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: