Archive for Abril, 2011

Oeiras, dia 14 de Maio, das 15h às 17h, frente à CMO : Manifestação/Protesto contra as condições e práticas do canil

Abril 20, 2011

Folheto de divulgação

Links no facebook:

Do Grupo: http://www.facebook.com/?sk=messages&tid=1521205128410#!/home.php?sk=group_149988418400042&ap=1
 
Do Evento: http://www.facebook.com/?sk=messages&tid=1521205128410#!/event.php?eid=192498927461265

Lisboa,providência cautelar – Prossegue a audição das testemunhas

Abril 17, 2011

A sessão de dia 15/4 foi integralmente preenchida com os depoimentos das  testemunhas indicadas pelo Grupo de Lisboa.Durante quase seis horas, foram descritas minuciosamente as condições em que se encontram os gatos e cães detidos no canil de Lisboa.Contendo, por vezes a custo, a emoção, os voluntários que corajosamente vão ao canil de Lisboa com o objectivo de daí retirar o maior número possível de animais, falaram dos cães, grandes e pequenos, da ala 1, acorrentados pelo pescoço, em espaços que não têm sequer 1m2, molhados em pleno inverno, uns enroscados, quase sem sinais de vida, outros ganindo desesperadamente para que os salvem. Aí podem ficar um tempo indeterminado, como os cães trazidos pelas autoridades, se a resistência natural lhes permitir vencer as doenças que grassam no canil, como a esgana, a tosse do canil, as diarreias e doenças de pele.

Nas exiguas gaiolas dos gatos, de chão em malha de arame, amontoam-se numa gaiola todos os animais capturados nesse dia, podendo estar assim 10 gatos, como só 1, misturados gatos silvestres com mansos, fêmeas grávidas e parturientes com as crias no meio dos outros gatos, sem água nem comida nem areia, completamente aterrorizados.Vários testemunhos indicaram ter visto, recorrentemente, gatos mortos ou moribundos no meio dos outros. A maior parte dos gatos retirados pelas voluntárias vêm posteriormente a morrer, sobretudo vitimas de panleucopénia.

Foram testemunhos que nunca mais sairão da memória de quem os ouviu e que, se preciso fosse, vieram confirmar que esta providência cautelar interposta pelo Grupo de Lisboa, e tudo o mais que este venha a fazer para pôr fim ao horrivel sofrimento infligido aos animais no canil de Monsanto, é justificado e tem o mais alto valor moral.

As audiências prosseguem dia 2 de Maio às 14h e dia 11 de Maio às 10h (todo o dia) para audição das testemunhas do canil ( a responsável pelo canil, Drª Luísa Costa Gomes, o director do departamento de HURS e duas veterinárias; a presidente da LPDA ,Maria do Céu Sampaio, inicialmente indicada como testemunha pela CML, foi prescindida por esta na primeira audiência). 

De notar que o tribunal ordenou a comparência, para audição, de outros funcionários do canil não indicados como testemunhas pela CML. A Drª Juiza disse, ainda que o tribunal irá deslocar-se ao canil/gatil.

Barreiro – Intervenção do Grupo do Barreiro na Assembleia Municipal

Abril 15, 2011

O Grupo do Barreiro entregou ontem, dia 14 de Abril, na Assembleia Municipal uma petição a favor da campanha de esterilização no concelho, apoiada por 1285 assinaturas de munícipes. A gravação da intervenção da representante do Grupo pode ser ouvida no site da CMB cujas assembleias são agora transmitidas on-line e gravadas para observação posterior.

Canil de Lisboa – Quadro de pessoal

Abril 12, 2011

No canil de Lisboa trabalham 4 veterinários ( ainda muito recentemente eram 5) dos 19 do quadro da CML , 4 encarregados, cujas funções estão descritas no quadro de pessoal, e 14 tratadores/apanhadores de animais.

O custo diário do funcionamento do canil é de cerca de 1200 euros ( subestimado, a preços de 2009) para uma taxa de mortalidade de 70% ( abates mais óbitos).

Em 2009, entraram por dia, em média , 10 animais, doa quais 5 foram abatidos e 2 morreram de doença.

 

Lisboa- Providência cautelar II

Abril 9, 2011

A audição das testemunhas apresentadas pelo Grupo de Lisboa prossegue no dia 15 de Abril às 9h 30 (todo o dia),  estando marcadas mais 2 outras audiências para os dias 2 e 11 de Maio para audição das testemunhas da CML. As sessões são públicas e têm lugar no 7º andar do Tribunal Administrativo de Lisboa, no Campus da Justiça da Expo.

Lisboa- Providência cautelar

Abril 7, 2011

A audição das testemunhas inicia-se amanhã , dia 8 de Abril, às 14h, no Tribunal Administrativo de Lisboa

Resolução AR nº 69/2011

Abril 5, 2011

A Resolução, aprovada por unanimidade na Assembleia da República em 25 de Fevereiro,  recomendando ao governo a adopção de uma nova política de controlo das populações de animais errantes, foi agora publicada em Diário da República.

Mais informação em posts de 25/2  e 28/2.