Archive for Julho, 2011

Campanha da União Zoófila contra o abandono de animais

Julho 27, 2011

Ver aqui

http://www.youtube.com/watch?v=QAg7f4-Q90U&feature=player_embedded#at=43

 E leia o texto abaixo, também sobre o flagelo do abandono de animais

“À procura de nós”, por Miguel Esteves Cardoso
“Só ontem, vi dois cães abandonados… Vi duas vezes o mesmo old english sheepdog a correr pela estrada fora, com a pressa doida de quem ainda acredita que vai alcançar o carro dos donos que o deixaram ali num ermo… De manhã, apareceu na esplanada onde eu vou, um velho sharpei de expressão esperançosa… Estudava a cara de toda a gente, como se quisesse ter a certeza de não se enganar na identificação dos donos, caso ali estivessem a esconder-se dele… Já não confiava que o reconhecessem…Ele estava irreconhecível, de certeza, fora a coleira de onde tinham arrancado a morada. É injusto, mas são os cães que eram mais giros quando eram pequenos que metem mais dó… É o contraste entre a festa que lhe faziam quando eram cachorrinhos e a indiferença com que os abandonam quando se tornam cães.É incompreensível que, numa época em que cada vez mais actividades humanas são proibidas, continuem impunes os abandonadores de animais. Talvez pudessem passar umas férias num canil da câmara? Como pode ser mais grave e mais castigado deitar um saco de lixo para a rua do que um animal dito de estimação?A maneira como tratamos e protegemos os bichos selvagens tem vindo a melhorar. Não será altura de começar a tratar melhor os bichos – como os cães e os gatos – que gostam de nós e que ainda pensam que gostamos deles?”

Canil/gatil de Lisboa – entregue nova acção no tribunal

Julho 23, 2011

No seguimento da providência cautelar com sentença favorável aos animais, foi entregue no Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa a Acção Principal cujo objectivo é dar continuidade e carácter definitivo às decisões que visam o bem estar dos animais alojados no canil/gatil.

 À advogada que defendeu a providência cautelar sucede, agora, um outro advogado, também em regime pro bono, cujos trabalho e empenhamento o Grupo de Lisboa agradece.

Canil/gatil Lisboa – Cumprimento da sentença do tribunal

Julho 18, 2011

Em referência ao cumprimento da alínea o) da sentença do Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa, foi afixado no vidro da frente da portaria, no canil/gatil, e publicado na rubrica dos “ avisos, editais e éditos” do site da CML (mas não no item “entrega de animais com dono” http://lisboalimpa.cm-lisboa.pt/index.php?id=1136) o seguinte aviso, assinado pelo vereador Sá Fernandes:

“Tem a CML acolhido no seu Canil/Gatil animais entregues pelos seus detentores nas seguintes situações: animais em situação de doença terminal, com ou sem atestado do seu médico veterinário assistente, para efeitos de eutanásia humanitária; animais encontrados a vaguear no espaço público, sem detentor conhecido, e por esses mesmos munícipes entregues no Canil/Gatil; animais entregues pelos seus detentores que, por razão atendível, não podem continuar a mantê-los ao seu cuidado.

Ao contrário do que tem sido habitual o Município de Lisboa está impedido de receber animais de companhia entregues pelos seus detentores.

Assim apelamos aos detentores de animais que não os possam manter consigo, que não os abandonem no espaço público. Sugerimos, como sempre tem sido feito, o contacto com associações de protecção aos animais para que estas os possam receber e acolher devidamente.”

  Sobre o teor deste aviso, esclarece-se o seguinte:

  1. O número de animais entregues “em mão” no canil/gatil de Lisboa aumentou exponencialmente entre 2002 e 2009 (mais 59%), para o que contribuíram, certamente, inexactas informações de que os animais entregues eram encaminhados para adopção quando, maioritariamente, morrem por abate ou doença, numa proporção que foi em 2009 de 7 em 10.
  2. Quando um animal é entregue por alguém, basta que esse alguém apresente o BI para que o animal seja de imediato aceite e, se pagar 11,45 euros, o animal será logo eutanasiado, esteja ou não doente.
  3. No canil/gatil não é exigida prova de que a pessoa que entrega o animal seja, de facto, o seu legítimo proprietário, uma vez que não é pedido registo actualizado da Junta de Freguesia.
  4. Quem conhece as condições de alojamento dos animais no canil/gatil de Lisboa só pode regozijar-se pelo facto de “ao contrário do que tem sido habitual o Município de Lisboa está impedido de receber animais de companhia entregues pelos seus detentores”.

Petição ” Por uma nova gestão do canil/gatil municipal de Lisboa” ultrapassa as 200 assinaturas no 1º dia

Julho 14, 2011

A petição pública, aberta a todos os cidadãos nacionais,” Por uma nova gestão do canil/gatil municipal de Lisboa” , dirigida ao Sr. Presidente da CML, Dr. António Costa já ultrapassou, decorridas  12 horas sobre o seu lançamento, as 200 assinaturas!

http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N12335

 

Canil/gatil de Lisboa – Sentença do Tribunal é para cumprir

Julho 13, 2011

A sentença do  Tribunal Administrativo de Circulo de Lisboa transitou em julgado em 5 de Julho e é para imediato cumprimento pelo município, uma vez que já decorreram todos os prazos indicados nalgumas das alíneas .

Temos conhecimento de que há incumprimentos e é precisa a colaboração de todos os que tomam conhecimento desses incumprimentos para que a sentença se cumpra.

A certidão da sentença (aqui) habilita os munícipes a dirigirem-se a uma esquadra da PSP e apresentar queixa. Deverão, também, reclamar  no livro de reclamações do canil. Agradece-se igualmente, que seja enviado e-mail para campanha.esterilizacao@gmail.com com esses relatos.

Esta é uma luta de todos em prol dos direitos dos animais abandonados de Lisboa, um momento crucial para se conseguirem as mudanças que se impõem e pelas quais milhares de pessoas se têm batido ao longo dos anos.

Medidas para uma nova politica para animais em Vila Franca de Xira

Julho 12, 2011

Na sequência da  luta contra a proibição de alimentar animais errantes em Vila Franca de Xira e da apresentação, por um  grupo de munícipes, de um conjunto de medidas em relação aos animais do concelho (ler aqui), a CMVFX  ACEITOU IMPLEMENTAR O PROGRAMA RED ( Recolha , Esterilização e Devolução ) que se vai iniciar em Setembro numa primeira colónia de gatos.

Quem luta sempre alcança!