Lisboa: Nova visita ao canil/gatil

Prosseguem as visitas de elementos de grupos municipais ao canil/gatil a convite do Grupo de Lisboa da Campanha de Esterilização.

Na manhã do dia 21 de Dezembro deslocaram-se ao canil uma delegação do grupo municipal de “Os Verdes” e dois elementos da Campanha de Esterilização. A visita foi acompanhada pelo veterinário municipal e responsável técnico, Dr. Vasco Ribeiro, que disse ser responsável unicamente pela área clínica do canil e não pelos restantes aspectos de gestão, e pela veterinária municipal Dra Ana Machado.
 
Durante a fase de identificação dos visitantes na portaria as representantes de “Os Verdes” referiram a importância de existir um regulamento do canil que seja tornado público.
 
As obras permanecem paradas e não se constataram alterações em relação aos incumprimentos observados nas visitas dos dias 5 e 14 de Dezembro (ver posts dos dias 5 e 16 de Dezembro )

No gatil encontravam-se 13 gatos (alguns com coleira pelo que poderão estar perdidos), todos separados à excepção de dois. Encontravam-se no gatil, nas jaulas junto à entrada , dois cachorros  e um cão de porte pequeno.

Quanto aos cães, encontravam-se 15 animais no canil 1 e 29 no canil 3 (neste, algumas boxes albergavam mais de um animal, e uma estava vazia).
 
As representantes do grupo municipal “Os Verdes” estiveram com o Dr Vasco na entrada do canil 2 tendo-lhes sido explicado qual o motivo de colocação de animais naquela sala que apesar de não ter sido visitada albergaria cerca de 10 a 12 animais nesse dia.
 
Relativamente aos passeios dos cães do canil 1 ( alinea J da decisão do Tribunal) foi referido pelo Dr. Vasco Ribeiro que o programa de voluntariado que visava, entre outros aspectos, passear esses cães deixou de existir por razões que disse desconhecer. As  representates de “Os Verdes” referiram a importância de o canil contar com voluntariado para melhorar as condições de permanência dos animais e até apoiar o canil noutras áreas, como a divulgação dos animais com vista à sua adopção e o acompanhamento desta.

No periodo em que decorreu a visita não foi observado nenhum cão em passeio acompanhado por tratadores. 
 
Durante a visita foi apresentado pela Dra Ana Machado o programa CER relativo a intervenção de esterilização e controlo de população nas colónias de gatos, num total, ao momento, de cerca de 140 em toda a cidade. Reconheceu que ainda é realizado um número relativamente baixo de esterilizações por falta de meios humanos, pois existem salas e materiais disponíveis para realizar mais intervenções nas instalações do canil.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: