Os preços de mercado da OMV

Leia aqui o comunicado da OMV

2 Respostas to “Os preços de mercado da OMV”

  1. Margarida Garrido Says:

    Tal como as restantes actividades económicas do país, também os veterinários estão a sofrer os efeitos da crise e da quebra de rendimentos da população. Se as pessoas estão a cortar nas suas despesas de saúde, nomeadamente remédios, é óbvio que também quem tem animais a seu cargo corta nas despesas de veterinário, Recentemente saiu na imprensa, noticia vinda de veterinários que dava conta que há agora mais pedidos de eutanásia por parte de donos que não conseguem suportar os custos de tratamento dos animais. Convém não esquecer que em Portugal há mais de 1 milhão de pessoas sem trabalho, metade das quais sem qualquer rendimento…
    É por isso, no mínimo surpreendente, que a OMV esquecendo a realidade em que estamos a viver, venha assacar culpas da situação às associações de animais por praticarem “preços abaixo do mercado” e de com isso estarem a inviabilizar a actividade dos privados.
    Será que com a retracção da procura os exorbitantes preços de “mercado” dos serviços veterinários não deveriam baixar e adaptar-se à quebra dos rendimentos da população ? Normalmente é assim que funciona o sacrossanto mercado para atingir o tal ponto de equilíbrio entre procura e oferta…
    E por último: somos nós, desde os que só cuidam do seu animal até aos que tomam a seu cargo uma tarefa ciclópica que é a de cuidar dos animais que os outros abandonam, que constituímos o grosso dos clientes dos veterinários privados. Tratar mal os clientes é uma prática de gestão completamente errada.

  2. Maria Da Guia Matos Says:

    Infelizmente, a Ordem dos Veterinários está mais uma vez preocupada com o lado errado da questão. Em vez de ir à causa do problema quer bater em quem faz tanto esforço para ajudar a colmatar as falhas do sistema. Na verdade, o problema é que as pessoas estão a passar um momento particularmente difícil, devido à crise económica e uma grande parte das pessoas atingidas pela crise não consegue fazer face aos preços praticados por muitos veterinários. Que fazer? Abandonar mais animais do que já são abandonados neste momento, ainda por cima em situações críticas? Matá-los? Pois como hão-de fazer as pessoas que viram a sua condição económica a ruir? Se as Associações, apesar de sobrecarregadas com despesas (e falta de apoios do Estado, e da maior parte das Câmaras deste país), não tentassem fazer o possível por ajudar donos carenciados e tantos animais que são entregues a precisar de cuidados, quem o faria? Com esta atitude a Ordem dos Veterinários preconiza o aumento de abandono de animais! Ou será que pretende pedir ao senhor Secretário de Estado a atribuição de subsídios às famílias carenciadas para que possam ir aos veterinários com os preços que satisfaçam as suas reivindicações de justiça? Justiça? Será que é isto que a Ordem pretende? E o que será Justiça digna desse nome para a Ordem? E para quem? Para os animais abandonados, para as famílias que se vêem em tristes condições de sobrevivência ou ainda para as Associações que fazem o que podem para ajudar quem precisa? Já agora…e não deve a Ordem apelar a uma atitude de respeito à vida destes animais ou não lhe interessa mesmo nada esta perspectiva? Afinal que juramento se faz na Ordem dos Veterinários? Parece-lhe que o Secretário de Estado não tem feito o suficiente para sacar receita aos contribuintes? Ou será porque tem feito demais é que as pessoas se encontram à beira da rotura e com elas os seus animais? Já não chega a Ordem não prestar a mínima ajuda num plano Nacional capaz para ajudar no grave problema de abandono e situação da maioria dos canis, como ainda vem atirar pedras às Associações que fazem o melhor que podem dentro das suas magras condições! Já agora falta perguntar a muitos veterinários quem, em maior número recorre aos seus serviços, apesar das acusações dirigidas pela Ordem dos Veterinários. Pois são muitas destas Associações e muitos amigos dos animais que ajudam tantos animais em situações muitas vezes indescritíveis! Por tudo isto, senhora Bastonária da Ordem dos Veterinários, haja mais humanidade e menos fiscalidade!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: